segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

A Cereja do bolo: os Vinte centavos mais caros do Brasil!

No day after as manifestações contra a presidente Dilma, nessa que foi a menor dentre as maiores podemos podemos tirar algumas conclusões pertinentes: As pessoas inequivocamente querem mudança no trato com a coisa pública!

O que disse ontem ao Faustão, durante a entrega do prêmio 'Melhores do Ano' Tonico Pereira com razão que a culpa não está só no executivo, mas a câmara de deputados não nos representa, haja vista as cenas da semana do dia 10/12 onde deputados se estapearam, se agrediram verbalmente em torno das peripécias instauradas por Eduardo Cunha, seja para adiar seu processo no Conselho de Ética seja nos avanços promovidos em favor do Impeachment de Dilma.

Tonico tem razão em dizer que Dilma individualmente não resolve tudo sozinha, além do que "até agora" a presidente não está envolvida pessoalmente em nenhum escândalo de roubo, desvio dinheiro público, não possui dinheiro não declarado no exterior e não mentiu a CPI, diferentemente do que sabemos da câmara Eduardo Cunha) e sobre outras denuncias a respeito do presidente do senado Renan Calheiros. Ambos os presidentes do Congresso estão envolvidos em investigações da "Lava-Jato".

Para hoje, 14/12/2015, dia do aniversário de 68 anos de Dilma, uma pessoa aparentemente isolada dos poderosos de Brasilia e ao mesmo tempo com a Caneta na mão, com certeza, se pergunta em que momento ela pode ter deixado toda essa impopularidade vir a tona!

- Eu responderia que a impopularidade se deu num momento em que o país passa por crises políticas e não se vê representado por seus políticos e a presidente não lidera seu país para uma saída como a reforma política, não o faz por que não possui força política para tirar poder de quem hoje pode cassá-la!

- Outro momento que explica seu inferno astral é a crise econômica que acabou com milhões de empregos e aumentou a inflação em menos de um ano após as eleições e não se vê "propostas" para se resolver esse problema que não seja aumento de impostos!

E na minha opinião, a cereja do bolo foi deixar o que eu chamo de "os R$0,20 (vinte centavos) mais caros do Brasil" em 2013 com a subida das passagens do transporte públicos em algumas capitais do Brasil terem migrado rapidamente para questionamentos sobre os gastos com a Copa do Mundo "o padrão FIFA".

O brasileiro entendeu finalmente que o circo era bancado com o dinheiro dele e que seus serviços básicos deixavam de ser prioridade para o Governo.

Se eu pudesse oferecer um presente a presidente Dilma hoje em comemoração de seu aniversário, eu ofereceria um livro: O Príncipe - de Maquiavel, desejaria ainda Saúde.



"É preciso ser duro, mas sem perder a ternura, jamais..." Che Guevara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!

Postagens populares

Visitantes

Google+ Followers

Translate